18.1.06

Primeira Carta


Era uma vez uma cidade, Paris, e nela viviam milhoes de pessoas. Fazendo hoje parte dessas pessoas, decidimos mostrar o que por ca se passa, tal como o fez Eça de Queiroz nas suas "Cartas de Paris". Cada qual à sua maneira, nao tao bem quanto Eça claro, decidimos dar a ver e se possivel viver o que é Paris e o que somos nela.
Nao esperem uma ordem cronologica nem mesmo logica dos acontecimentos, que vao surgir "au fur et à mesure". Acontecimentos esses que dirao respeito a tudo e mais alguma coisa, contando com a contribuiçao de aqueles que quiserem ajudar à grande sopa de letras que esperamos fazer deste blog.
Nos ca estaremos, uns dias mais do que outros. Vocês nao sei, mas sao bemvindos.

A bientôt, à Paris.


P.S.: desculparao a falta de tils e alguns acentos, mas os teclados franceses nao me permitem usufruir da lingua portuguesa em todo o seu esplendor.E ainda dizem que os espanhois é que têm o rei na barriga...

2 commentaires:

joana d'arc a dit…

Apesar de ter comentarios para fazer nos varios posts, achei que o melhor seia mesmo deixa-los na primeira carta! Faco parte da nata da nata que visita a tua casa, Paris esta a ser uma festa para mim e ja nos imagino, quando daqui a algum tempo nos encontrarmos noutra cidade onde teremos menos historias em comum, a evocar a mitica frase..."we will always have Paris". Porque Paris ficara como uma recordacao de quando eramos jovens e tivemos sorte suficiente...

Duarte Valente a dit…

Que dizer sobre Paris? Tenho a certeza que já se escreveu muito sobre esta cidade cosmopolita e tão bonita. Pelo que fico me apenas por algo mais pessoal. Paris, é a cidade onde os meus pais se conheceram, apaixonaram, e viveram juntos, razão pela qual o meu irmão e eu existimos. Viva Paris e o charme que a habita!