10.7.07

Encontros

A primeira senhora bonita e conhecida que vi em Paris foi Charlotte Rampling. Parei na rua para ela descer tranquilamente os degraus do hotel Raphäel no 16ème e poder passar à minha frente, ainda me agradeceu com o olhar. Na altura creio que ainda estava disponível... Ou talvez não. Depois foi Emmanuelle Béart por dois segundos, de passo apressado em Odéon e completamente tapada por gabardine, lenço na cabeça e óculos. Mais frequentemente, vejo Anna Karina quase dia sim dia não no 6ème, o que me deixa muito feliz. De resto, algumas personagens televisivas mais desinteressantes, ou Jonathan Littell, autor de Les Bienveillantes. Já vi o Chico Buarque em Saint-Germain e o Louis Garrell a tomar café perto de Saint-Michel. Mas o que interessa é que todos os dias vejo Paris.

Aucun commentaire: