10.12.07

almada

"Nenhum de nós tem receio do que seja custoso e difícil desde o momento que dependa de nós apenas vencer o difícil e o custoso; mas se a todo o momento não temos diante de nós senão o impossível, acabamos finalmente por ficarmos convencidos. Mas qual é afinal esse impossível? Qual é? É viver! É de viver que se trata. E é viver o que é impossível em Portugal.
Nesse caso dir-me-ão: Se é impossível viver aqui em Portugal, vai-se para o estrangeiro. Não há dúvida, era uma solução. Era mesmo a única. Simplesmente, também é impossível. Só não é impossível para essa chusma de desgraçados que vieram a este mundo para não saberem nunca nada de nada, essas levas de degredados sem escolta, os quais abandonaram as terras ingratas onde nasceram e trabalharam e que, derrotados pela realidade e cheios de razão, vão para longe à procura de terras estranhas mais leais do que as da sua própria Pátria; mas nós, para aqueles a quem a vida apontou uma consciência dentro de nós é impossível esse remédio salvador. Nós ficamos! Nós ficamos aqui para tentar destruir o "Impossível" em Portugal!"

José de Almada Negreiros, Modernismo in "Obras Completas".

1 commentaire:

Laura a dit…

Pronto, até que enfim tenho uma chance de fazer a seguinte pergunta a um português! Duarte: Porquê é que é tão difícil morar no Portugal? Quem sabe, eu já tenha uma pequena idéia, pois é super difícil, não, é uma loucura morar nos Camarões!!!